Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Doidona por ti

Sou apaixonada Sou mãe galinha de 4 lindos pintainhos Adoro Música Adoro ler E gosto de escrever umas coisas e por isso criei este meu cantinho de desabafos!

Doidona por ti

Sou apaixonada Sou mãe galinha de 4 lindos pintainhos Adoro Música Adoro ler E gosto de escrever umas coisas e por isso criei este meu cantinho de desabafos!

Pensamento do dia

Vi esta frase ao passear pelo Facebook e acho que vale mesmo a pena ler e refletir...

 

"Se soubesse que o mundo se desintegraria amanhã, ainda assim plantaria a minha macieira. O que me assusta não é a violência de poucos, mas a omissão de muitos.Temos aprendido a voar como os pássaros, a nadar como os peixes, mas não aprendemos a sensível arte de viver como irmãos."

Martin Luther King

Chuva, chuva e mais chuva

 

 

 

Bom dia {#emotions_dlg.bouquete}

 

Bem que dia este, tanta chuva...não há meio deste tempo estabilizar, não ajuda em nada, é que estou há mais de um mês cheia de expetoração e assim por este andamento devo ficar outro tanto.

Vá lá que o fim de semana, apesar de frio, e oh que frio, pois ontem eram umas 17 horas e fui á varanda e caneco gelei mesmo, a chuva foi vindo e indo, mas parece-me que hoje isto está ferrado para ficar.

Li ainda há pouco que "As previsões e alertas são do Painel Intergovernamental sobre Alterações Climáticas. As populações vão sentir cada vez mais o aquecimento da terra e dos oceanos e o sul da Europa é das zonas mais vulneráveis." in http://rr.sapo.pt/informacao_detalhe.aspx?fid=26&did=143684

Ora realmente está mesmo mais do que na hora de quem ainda não se preocupa com o ambiente de fazer o favor e urgentemente de o fazer, senão deixamos mesmo de ser um país com um clima equilibrado para sermos um pais totalmente desiquilibrado, para isso já nos chega a politica!!!

 

Portanto bora lá mudar isto!

Girls Night

Bem ontem lá fui com a minha filhota ao concerto da Beyonce, é certo que é cantora que não é a minha onda, mas lá fomos as duas!

Em primeiro tenho que referir a granda molha e o frio que passei até entrar dentro do Meo Arena, chovia que nem tudo e estava um frio que não se podia, e mesmo de chapeu de chuva consegui ficar bem molhada.

Entramos na fila eram perto de 17:30 e só conseguimos entrar ás 19:05, quando me vi lá dentro...ufff que alivio.

Do concerto achei que ela dança e canta e está sempre em movimento, os cenários e jogo de luz bastante interessantes, gostei da banda que a acompanhava e era engraçado por serem só mulheres!

Outra coisa que gostei foi a sua interacção com o publico, não sei porquê não tinha uma imagem dela como pessoa simpatica.

E pronto a minha princesa estava toda contente curtiu imenso e só por isso valeu a pena...{#emotions_dlg.happy}

O problema...ou a solução ????

 

 

Um lisboeta vai ao consultório de um conhecido psicólogo e diz-lhe:

 

- Todas as vezes que estou na cama, acho que está alguém debaixo da cama.

Nessa altura eu vou para baixo da cama para ver, e acho que há alguém em cima da cama.

Para baixo, para cima, para baixo, para cima.

Estou a ficar maluco doutor!

- Deixe-me tratar de si durante dois anos - diz o psicólogo. Venha três vezes por semana, e eu curo esse problema.

- E quanto é que eu vou pagar por cada sessão, doutor? - pergunta o lisboeta.

- 80 Euros por sessão - responde o psicólogo

- Bem, eu vou pensar - conclui o sujeito.

 

Passados seis meses, eles encontram-se na rua.

- Então, porque não apareceu no meu consultório? - pergunta o psicólogo.

- 80 euros a consulta, três vezes por semana, dois anos = 12.480 euros, ia ficar-me muito caro.

Além disso, falei com um Alentejano que trabalha na minha herdade e que me curou por 20 euros.

- Ah é? Como? - pergunta o psicólogo.

O sujeito responde:

- Por 20 euros ele cortou os pés da cama... Já ninguém vai para lá !!...

 

Conclusão:

Pense numa solução, em vez de ficar focado no problema!

 

Além das Palavras

 

 

ALÉM DAS PALAVRAS

Existem certos momentos
em nossas vidas
que simples palavras,
simplesmente, não poderiam explicar...

Tudo o que eles, realmente,
representam,
nem mesmo palavras bem elaboradas,
escolhidas a dedo,
tal façanha poderiam realizar!

As palavras escritas ou ditas,
apenas, soam dum modo artificial
e não parecem verdadeiras.

Os gestos, por sua vez,
vão bem mais fundo
no seu modo puro d’esclarecer
tais momentos...

Por exemplo?!

Um sorriso nos comunica
a razão do nosso estado d’espírito,
um aceno de mãos o justifica,
e o olhar...

Ah, esse tal d’olhar...

Além de jamais nos deter,
nos enganar,
sempre, sempre nos denuncia...

Ah, a verdade é que
existem certos momentos
em nossas vidas
que simples palavras,
simplesmente, não poderiam explicar.

(Patricia Zago)

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

  •  
  • Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2008
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D