Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Doidona por ti

Sou apaixonada Sou mãe galinha de 4 lindos pintainhos Adoro Música Adoro ler E gosto de escrever umas coisas e por isso criei este meu cantinho de desabafos!

Doidona por ti

Sou apaixonada Sou mãe galinha de 4 lindos pintainhos Adoro Música Adoro ler E gosto de escrever umas coisas e por isso criei este meu cantinho de desabafos!

Indignada com a idignação

Não posso passar sem fazer comentário á indignação de várias pessoas ao "peido" do Salvador

Parece-me ver tanto pudor a uma coisa daquelas que sai a qualquer um, mas não o vejo em questões tão mais graves com as quais nos deparamos todos os dias.

Não consigo considerar como falta de respeito, pois afinal quem nunca fez uma "piada de caserna"

Enfim, há que ter bom humor

 

 

Familia de bombeiros

Com esta tragedia dos incendios e após ler e ouvir dizer que não se viram bombeiros por certos sitios, eu entendo que é dificl ás pessoas verem as suas coisas a arder, mas não podem culpabilizar os bombeiros, esses chegam quando podem e com os meios que possuem e que nem sempre são muitos.

 

Mas este meu post e como sou filha de bombeiro, mulher de bombeiro e eu mesma fui bombeira em tempos (no final dos anos 80), é para vos falar nos sentimentos de quem de perto sabe o que é ter alguem nosso a combater as chamas.

 

Neste momento os meus bombeiros da familia já não estão no activo, mas lembro me bem d como em miuda o meu pai ia para fogos, aqueles famosos fogos da serra de Sintra onde cheguei a estar dias sem o ver, e que o meu coração ficava apertado de o ver ir, e lembro-me de o ouvir contar historias quando chegava onde ele dizia que tinha estado em perigo.

O meu pai muitas vezes ia combater as chamas de noite, depois chegava a casa cedinho tomava o seu banho e lá ia ele trabalhar depois de uma noite sem dormir a bem da Humanidade, mas nesse época não havia por parte da sua entidade, que era uma grande emprsa nacional da altura, sensibilidade para que os seus funcionários que tivessem esta "ocupação extra" pudessem ir ajudar quem precisava.

Quando eu mesma pude viver a experiencia de estar lá na frente a combater ntão aí pude ver a adrenalina que temos e que tmos forças vindas não sabemos bem de onde para andar kilometros com coisas ás costas, num calor infernal, e e nem temos tempo para pensar que há perigo, queremos é salvar, e queremos salvar de forma voluntária, sem pedir nada em troca, vem de dentro este sentimento e esta força de querer fazer...

 

Por isso digo aos nossos Bombeiros Voluntários e suas familias um enorme bem haja pelo serviço que é feito a BEM DA HUMANIDADE

Leituras #2 - Trilogia O Século - O Inverno do Mundo

 

O-Inverno-do-Mundo.jpg

 

Neste 2º livro da triologia, retomamos a história e temos a segunda geração das cinco famílias que ficamos a conhecer no livro anterior, e temos desde a ascensão do Terceiro Reich, através da Guerra Civil de Espanha, durante a luta feroz entre os Aliados e as potências do Eixo, o Holocausto, o começo da era atómica inaugurada em Hiroxima e Nagasáqui, até ao início da Guerra Fria. 

 

Gostei de conhecer a 2ª geração das familias, e ao longo da historia podemos sentir a intensidade dos acontecimentos da época, que são revoltantes, mas que ao ver a garra com que lutam faz com que as muitas paginas do livro sejam de uma intensidade constante.

 

A emoção continua ao rubro para a leitura do ultimo livro, mas ao mesmo tempo já com a nostalgia de pensar que estou quase a acabar 

Ida á Feira do Livro

Como não podia deixar de ser lá fomos nós á Feira do Livro

Muito calor, muita gente, e muitos livros, o pior é orçamento para a leitura...

Mas ainda assim comprei 6 livros, tudo coisas em conta, todos escolheram um livro, o meu mais novo escolheu um livro de poesia de Alberto Caeiro, perguntamos mas tu gostas, e diz ele são poemas e eu gosto de ler poemas, ora temos um miudo de 9 anos cheio de vontade de ler poesia.

Depois desta passeata e como a fome apertava fomos ao Great American Disaster, que é logo ali e todos gostamos de lá ir, é muito fixe a sensação de estar num filme dos anos 50.

Época balnear 2017

Hoje lá fomos á praia, já tinhamos ido um bocadito ao final do dia na 4ª feira, mas hoje fizemos a manhã de praia.

Fomos para a Poça (Estoril), estava fantastico, bandeira verde, a agua claro que não está quente, mas está optima para uns belos duns mergulhos e dar umas braçadas.

Esta praia é pequena, mas agradável, apesar de nós preferirmos praias de grandes areais, mas esta é das mais proximas de casa a que mais gostamos.

Claro que hoje quando apareceu o vendedor das Bolas de Berlim lá tive que fazer um sacrificio e lá comi uma , sabe tão bem comer a bela da bola na praia.

E viva o Santo António

Adoro as festas dos santos populares, gosto do cheiro que fica na rua, de ver as ruas enfeitadas, é daquelas coisas que me faz associar ao inicio do bom tempo, das férias, da praia, a minha época do ano preferida.

 

E ontem á noite, tal como temos feito de há uns anos para cá, lá fomos nós até Lisboa ao Santo António, estava uma noite magnifica, um ambiente muito giro, alegre, cheio de cor.

Descemos a Avenida e lá fomos parando a ver as marchas, chegados ao Rossio ficamos a ver as marchas que já tinham acabado, é tão giro estar lá no meio deles, eles chegam ali super cansados mas com uma alegria imensa.

Depois lá nos fomos metendo pelas ruas a espreitar os pequenos arraiais aqui e acolá, depois já pela meia noite e tal voltamos a subir a avenida, vimos o resto das marchas que ainda faltavam.

Lisboa é realmente uma cidade magnifica e foi fantastico ver os turistas a curtirem a cena, é também muito interessante a diversidade de estrangeiros que nos visitam, vemos de tudo.

 

O pior da noite, chegar a Sintra com menos 8º do que estava em Lisboa 

 

Um bocadinho de férias

cpc_docs_ferias_2015.png

 

Bem após este periodo de ter recomeçado a trabalhar, já há há mais de 1 ano que não tinha férias, e então meti 2 diazinhos apenas colados aos feriados e pronto assim são 6 dias em casa, vai-me saber muito bem, estou mesmo a precisar de fazer uma pausa, para aguentar até ás ferias grandes que só chegam lá para Agosto.

Vou aproveitar sobretudo para descansar 

A minha mãe

A minha mãe ontem fez 70 anitos

É uma bonita idade e ainda por cima a minha mãe está optima, ainda trabalha,finalmente em Agosto vai-se reformar, estava dificil, é certo que me preocupa o ela depois ficar desocupada, mas não vou sofrer por antecipação.

A imagem que tenho da minha mãe é daquela pessoa que está sempre a trabalhar, sempre a pensar se precisamos de alguma coisa, quer fazer tudo por nós e para nós, tanto para mim e para o meu irmão como para os meus filhos.

Quando era miuda adorava faltar á escola no dia da folga dela que era ás quartas feiras, pois como ela era chefe de cozinha não folgava ao fim de semana como as mães dos meus colegas, por isso para mim as quartas eram sagradas, dia de estar com a mãe, não faltava sempre, mas quando ela deixava la ficava a passar o dia com ela.

Ai o que eu adorava ir a Lisboa com ela, iamos á baixa, fazer uns belos lanches na Central da Baixa, iamos ao cinema ou ao teatro, depois o meu pai que trabalhava em Lisboa, saia ás 17h e lá iamos os 3 jantar a qualquer lado, iamos muitas vezes á feira popular, depois passamos a ser 4, pois já o meu manoca também nos acompanhava, apesar de ser um chato do piorio , depois era giro vir no ultimo comboio para Sintra e depois quando estava bom tempo lá iamos a pé até a casa, que era uma grande subida, quando estava mau tempo apanhavamos um taxi, era mesmo muito bom.

 

Agora quando ela se reformar vou pegar nela um dia e vamos as duas arejar até Lisboa e matar saudades daqueles tempos. 

 

 

 

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

  •  
  • Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2008
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D