Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Doidona por ti

Sou apaixonada Sou mãe galinha de 4 lindos pintainhos Adoro Música Adoro ler E gosto de escrever umas coisas e por isso criei este meu cantinho de desabafos!

Doidona por ti

Sou apaixonada Sou mãe galinha de 4 lindos pintainhos Adoro Música Adoro ler E gosto de escrever umas coisas e por isso criei este meu cantinho de desabafos!

Portugal e a natalidade

Muito se fala na natalidade, que estamos a ir cada vez pior, é certo que eu contribui bem pois com 4 filhos, cumpri bem o meu papel.

Mas o problema é muito grande, incentivos não os há...

A maioria das pessoas trabalha 8 horas por dia, em muitos casos o percurso para o trabalho leva mais uma hora para cada lado, resumindo os nossos filhos passam na escola, 10 horas por dia , que tempo de familia lhes conseguimos dar?

Como é obvio assim há medo em ter filhos, pois ter só por ter não é bem essa a vontade das pessoas.

Alem do mais ter uma criança, temos que logo á partida por nun infantário, nem toda a gente tem a sorte que eu tive, ter avós ao dispor, ora um infantário é um balurdio para quem ganhe ordenado minimo, não dá.

Depois somando a isto é tudo o que vem a seguir é sempre a somar e apoios são nulos.

Outro problema que a nossa sociedade tem, quando vais a contratar, ah é mulher tem filhos pequenos, logo vai faltar muito, e se descobrem que por algum motivo estás gravida no primeiro momento que possam...RUA

Mais outra que ouvi muito por inerencia da profissão, trabalhar em RH ouvimos cada uma que não se imagina, agora os pais alem dos dias obrigatorios de licença parental podem gozar mais 30 dias, comentário "olha mais um que vai dar mama ao filho".

Concluindo é assim que querem que a natalidade aumente?

Ora deixem-se de tretas a criem apoios decentes, se por exemplo os estabelecimentos de ensino desde os infantarios forem gratis, e com boas condições, e os horarios de trabalho serem mais flexiveis.

Nomes engraçados

Lá estive eu mais um tempo sem escrever...

fico chateada comigo propria mas o meu tempo tem sido complicado mas tenho estado aqui desde manha no trabalho a pensar neste port que queria escrever.

 

Depois de todas as turbulencias que tenho passado e apesar de continuar em trabalho temporário tenho estado a gostar desta experiencia profissional nesta empresa onde estou desde Fevereiro e onde gostaria de celebrar contrato para ficar.

 

Estou neste momento no departamento de faturação e neste trabalho passam-me muitos nomes pela mão e então pensei que era um bom tema para escrever.

 

E falo disto pois não entendo como é possivel uma mãe chamar á sua filha Plautilia? ou Francisca Ambrósia ou Imperatriz, nomes que certamente deixam qualquer filha atarantada. Não imagino como seria que tratavam estas senhoras quando eram crianças...

 

Ora quando eu me queixo que a minha mãe me chamou Maria, pois apesar de estar na moda eu não engraço muito com o nome, o que dirão estas pessoas com estes nomes tão estranhos 

Sei que há mais nomes esquisitos, que prometo que se os apanhar escreverei sobre eles.

E por agora é tudo 

Bom fim de semana (já que vai estar bom tempo temos que o aproveitar bem)

Coisas do Quotidiano - Parte 2

Nestas minhas viagens a Lisboa, tenho observardo o que se passa á volta, como não é costume diário esta observação é mais atenta e então dei por mim a ir uns dias logo cedo quando as pessoas vão para o trabalho e voltar ao final do dia.

Ora como trabalho perto de casa, sao pouco mais do que 3 km que faço de carro em 5 minutos, nunca tinha bem dado o valor a este luxo, pois ao observar mães que vão e vêm de Lisboa com os seus filhos, que por lá devem andar nas escola e coitadinhos ao final do dia querem é encostar-se á mãe e dormir, fiquei a pensar a que horas se levantarão aquelas crianças? E pior devem ser 11 meses por ano, pois só mesmo nas férias dos pais é que quebram aquela rotina.

Realmente uma mãe com uma carga horária de 8 horas e com filhos, e pequenos é muito complicado mesmo e a trabalhar longe de casa deve ser um pesadelo autentico. Espero que tenham força e consigam aguentar a bem delas e daqueles pequeninos que logo cedo começam a ter quase uma vida de adultos!

 

Coisas deste país...

Anda aqui uma coisa a moer a minha cabeça... este pais é realmente de doidos.

Como vou ter uma consulta com o meu filho lembrei-me que desta vez ele já irá pagar a maldita da taxa moderadora pois já fez os 12 anos...

Porque será que as crianças aos 12 já pagam?

Já podem ter rendimento?

Se calhar é isso, pois eu entendo a taxa moderadora como uma taxa aplicada a quem trabalha e não a uma simples criança que lá porque tem 12 anos paga taxa e não bufa, será possivel pedir isenção? Não me parece, iam-me logo dizer ah e tal trabalhas e tens que pagar, e pronto, não entendo esta isenção, lembro-me que quando ele nasceu vinha lá no papelinho que me deram no centro de saúde a isenção até ao dia dele fazer os seus 12 anos...ora então agora cada vez que precise de utilizar os serviços de saúde lá vai ter que pagar tanto como um adulto...justo? compreensivel? normal num país de tão baixa natalidade? Não sei...será que sou só eu com esta dúvida...

 

O nosso Tesourinho

Adormeci a pensar em ti, e sonhei contigo que estavamos bem juntinhos no sofá como costumamos fazer á noite quando está tudo calminho...hum é tão gostoso!

 

De manhã não me apetecia levantar mas, o Dom Tesourinho lá se pos a chamar-me e lá o fui buscar e estivemos no namoro de fim de semana, ele gosta tanto, fica tão contente, mas todos os dias quando acorda é a ti que ele chama 1º.

 

Ele lá continua na descoberta do mundo, faz cada gracinha tão fofa que é demais, já fica de pé sozinho um bocado a bater palminhas depois fica cansado e la cai de rabiosque no chão, depois fica danado... e as carinhas que ele faz? ui são muita loucas

 

É realmente sublime ser mãe, pois ver esta evolução o carinho com que ele me olha e até já me faz festinhas, faz-me ficar muito feliz, e claro que os manos também, são uns tesouros mais crescidos mas também muito importantes!

 

 

 

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

  •  
  • Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2008
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D