Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Doidona por ti

Sou apaixonada Sou mãe galinha de 4 lindos pintainhos Adoro Música Adoro ler E gosto de escrever umas coisas e por isso criei este meu cantinho de desabafos!

Doidona por ti

Sou apaixonada Sou mãe galinha de 4 lindos pintainhos Adoro Música Adoro ler E gosto de escrever umas coisas e por isso criei este meu cantinho de desabafos!

O tempo

Nós estamos sempre a queixarmos porque o tempo passa depressa, mas quando estamos a trabalhar o tempo corre devagar, somos realmente estranhos, pois não é nada coerente esta questão, mas de facto quando estamos num trabalho que não nos dá prazer em fazer as 8 horas transformam-se em 16!

Tenho dias em que fico irritada comigo mesma, mas ultimamente tem sido assim!

Acho que ando a precisar de algo que me desafie e me faça este periodo nao parecer tão chatinho, gosto de coisas novas e que me façam pensar, que me tragam novo conhecimento, sinto mesmo falta disso....

 

 

 

Nomes engraçados

Lá estive eu mais um tempo sem escrever...

fico chateada comigo propria mas o meu tempo tem sido complicado mas tenho estado aqui desde manha no trabalho a pensar neste port que queria escrever.

 

Depois de todas as turbulencias que tenho passado e apesar de continuar em trabalho temporário tenho estado a gostar desta experiencia profissional nesta empresa onde estou desde Fevereiro e onde gostaria de celebrar contrato para ficar.

 

Estou neste momento no departamento de faturação e neste trabalho passam-me muitos nomes pela mão e então pensei que era um bom tema para escrever.

 

E falo disto pois não entendo como é possivel uma mãe chamar á sua filha Plautilia? ou Francisca Ambrósia ou Imperatriz, nomes que certamente deixam qualquer filha atarantada. Não imagino como seria que tratavam estas senhoras quando eram crianças...

 

Ora quando eu me queixo que a minha mãe me chamou Maria, pois apesar de estar na moda eu não engraço muito com o nome, o que dirão estas pessoas com estes nomes tão estranhos 

Sei que há mais nomes esquisitos, que prometo que se os apanhar escreverei sobre eles.

E por agora é tudo 

Bom fim de semana (já que vai estar bom tempo temos que o aproveitar bem)

Trabalho Temporário - a minha situação actual

Bem hoje o meu post vai ser sobre a minha actual situação profissional,

Então depois das minhas aventuras e desventuras fui contactada por uma empresa onde tinha já ido há uns meses atras a uma entrevista e perguntaram-se se estava disponivel para um contrato temporario de substituição, uma vez que havia uma pessoa que precisaria de fazer uma intervenção cirurgica.

E pensei eu, a minha situação neste sitio (onde eu estava) não era nada agradável e nem tinha a ver com a minha area profissional e vou mas é lá aceitar o desafio, além que ainda são mais uns trocos...

Resultado aqui estou eu há 1 mes e uns dias

Não sei ainda quando vai acabar (anda-me a deixar nervosa, mesmo sabendo ao que vim)

Mas sobre esta empresa:

  • Fui super bem recebida
  • As pessoas são unidas e não me vêem como uma de fora
  • Existe um ambiente descontraido sem formalismos

 

Afinal ainda existem sitios onde nos dias de hoje as pessoas são tratadas com dignidade, gostava de poder ficar sim, mas mesmo que não fique, vale pela experiencia que tenho vivido!

Ando triste

Ontem fui fazer umas comprinhas aqui ao Pingo Doce da esquina e como tenho andado pensativa pois apesar de ter arranjado emprego a coisa não é bem o mar de rosas, sei que é há pouco tempo, que deve ser da habituação, mas tem lá duas fulanas que não me receberam bem e fazem mesmo para que eu me sinta mal, como diria o meu marido é bullyng, mas enfim, temos que nos aguentar e ir engolindo o sapo mesmo que ao final do dia se venha com a lagrima no olho.

Adiante

Perdida nos meus pensamentos nas compras começo a olhar para as pessoas, pois tenho medo que elas vejam este meu desconforto quando olham para mim, ando triste, sinto-me triste, e pior sinto-me triste por não conseguir superar as expectativas da minha familia.

Ao olhar as pessoas também vejo que existe uma maioria de pessoas que têm o mesmo olhar que eu, ou até pior, as pessoas andam tristes, deprimidas pois a vida é tão complicada que é dificil ser feliz.

Claro que há as nossas felicidades pessoais, mas para que as consigamos viver em pleno como felicidades que são precisamos de paz de espirito em tudo o resto que nos rodeia.

Penso que as pessoas são exploradas demais e não conseguem ter tempo de qualidade para poderem ser felizes nem terem objectivos de construirem algo.

Como podem ver estou confusa, mas acima de tudo quero ser feliz e poder proporcionar á minha familia quando olham para mim um sentimento de felicidade!

Nova vida

Bem com este novo trabalho chego a casa tarde e pior de rastos!

A empresa está em profundas alterações e é necessário bombar a todo vapor as coisas que estão em atraso e oh que atraso!

É uma nova realidade para mim e confusa, ainda só passou uma semana mas acho que me estou a safar bem, espero que lá achem o mesmo...

Afinal havia uma janelinha aberta para mim

Bem e estava eu 3ª á tarde a estender a roupa toca o telefone e perguntam-me se ainda estava disponivel pois da entrevista que tinha ido em meio de Dezembro tinha sido seleccionada, e se podia começar a trabalhar no dia seguinte, e pronto já foram 3 dias de trabalho, nova vida, nova realidade, novas pessoas, num lugar diferente, mas onde espero poder ser feliz!

Quando pensei que as portas estavam todas fechadas afinal lá ao fundo havia uma janelinha aberta para mim 

Obrigada a todos que me deram força e ajudaram a manter a moral em cima, pois isso nestas situações é bem importante.

Bem hajam!

E hoje é sobre chefes intragáveis

Desde manhã cedinho que ando a magicar no que havia de escrever hoje e há poucos minutos surgiu me este pensamento que realmente trabalhar com gente que não precisa, ou se precisa não sabe dar o valor ao pouco que os outros ganham mete-me nervos sinceramente, que maldade, pior é que se estivessem a pagar do seu próprio bolso, mas não, e por meia duzia de euros? enquanto que essas pessoas ganham acima dos 2 mil? são umas egoistas, como nunca na vida lhes faltou o sustento da sua casa, nunca tiveram que negar nada aos filhos, pois nem os têm, é revoltante e depois são estas pessoas vazias que são directoras e afins. Sinto-me triste com estas injustiças, por norma até estão nestes cargos, pelo menos aqui onde trabalho pois são filhas/os deste, daquele ou do outro e claro quem fica sempre mal é quem trabalha e o seu pai é como o meu um humilde trabalhador que sempre cumpriu as suas obrigações laborais e fiscais! O pior de tudo para mim é que podiam ser filhos/as deste ou daquele mas podiam ainda ser profissionais mas nada disso (há exepções) há aqui um caso desses que então é gritante tenho dias em que me apetece dizer oh ignorante vai mas é para casa "cozer meias" que era o que te fazia bem! 

Se me calhasse o euromilhões eu bem lhe contava ....

Oh dias dificeis

Bolas que os ultimos dias têm sido bem cansativos, casa, familia, trabalho e as coisas da faculdade...mas essa a ver se é este semestre que a coisa acaba....

Sinto-me a ficar sem forças, e tenho dias em que me apetece desistir da faculdade, de não ir trabalhar e ficar enfiada numa toca, mas depois penso não é isso a solução e lá vou empurrando a coisa, melhor ou pior mas lá vai, mas francamente tenho medo, medo de cair de exaustão e depois medo de não conseguir arribar, aí preciso de coragem!

...

Hoje estou bem disposta e sinto-me com forças para enfrentar o dia de trabalho, coisa que ultimamente tem sido muito dificil...motivação em falta faz com que o dia seja dificil de passar e pior ver tanta injustiça e o trabalho acaba por ser sempre o mesmo e não vejo novos desafios, na minha maneira de ser o repetitivo torna-se desmotivante pois adoro novos desafios e ter coisas para fazer que dêem luta e gozo a fazer, já tive tempos desses e aí era feliz no trabalho...agora já não sei o que é isso há uns anitos, não muitos mas já começam a ser qualquer coisa!

Ainda estou em rescaldo do fim de semana

Despois do casamento do fim de semana ainda não tenho o meu sistema organizado, estou tão mas tão mole que nem tenho modo de estar.

Foi um verdadeiro casamento de arromba, 1º a cerimonia que demora sempre e já comer tardinho, depois a emoção da festa, sempre a abrir até ás tantas da madrugada, até nem comi muito mas senti-me sempre bem cheia.

Este foi certamente um casamento que me marcou imenso foi realmente um dia magnifico obrigado á A e ao R por nos terem proporcionado um dia assim!

 

Agora a ver se eu me restabeleço nos meus descansos para voltar ao meu normal pois estar um dia inteiro atrás de um ecran nesta moleza é uma dor que não vai com nada!

 

Ah ainda do casamento, os meus miudos tiveram um dia em grande mesmo pois com direito a babysitting e actividades para crianças até á meia noite foi a pura da loucura, o resto do tempo vieram divertir-se connosco e estavam com mais pilhas do que nós

Mais sobre mim

foto do autor

  •  
  • Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2008
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D