Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Doidona por ti

Sou apaixonada Sou mãe galinha de 4 lindos pintainhos Adoro Música Adoro ler E gosto de escrever umas coisas e por isso criei este meu cantinho de desabafos!

Doidona por ti

Sou apaixonada Sou mãe galinha de 4 lindos pintainhos Adoro Música Adoro ler E gosto de escrever umas coisas e por isso criei este meu cantinho de desabafos!

Uma ida á Segurança Social

Bem hoje fui a Lisboa á Segurança Social com a minha Directora tratar de assuntos da entidade patronal, foi atraves da linha deles que fizemos aquele agendamento presencial, coisa que ainda demorou mas lá conseguimos.

 

1º Deveria de existir um atendimento especifico para as empresas, mas não há

2º O balcão de atendimento é misturado e coladinhos uns aos outros, de repente demos por nós e nem ouviamos a senhora a falar, pois havia tanta gente a falar alto que a coisa se tornou dificil

3º A explicação que nos dão não bate com nada, pior as senhoras coitadas nem sabem bem como lidar com as situações que lhes são expostas

 

Resumindo e baralhando então a malta paga as benditas contribuições, quer sejamos empregados ou entidades empregadoras e resumindo eles só lá querem o dinheiro, porque organização ZERO. Hoje em dia até as finanças funcionam bem melhor.

Nós chegamos a este ponto de lá ir presencialmente pois ao telefone cada dia que ligamos a falar do mesmo assunto dão-nos sempre uma resposta diferente, caricato, não é?

Mas o nosso dinheirinho lá todos meses é o que querem 11% do nosso salário para isto, para se estivermos doentes recebermos 55% do nosso salario, para um dia destes não termos reforma, nem sei o que diga mais sobre esta instituição sugadora de dinheiro...

Também digo que quando dali me levantei disse para a senhora que nos atendeu boa tarde e boa paciencia pois bem precisa para estar aqui!

 

Outra questão que me assola é que se não há uma regra, pois se cada telefonema é uma resposta diferente como é que estas pessoas são formadas a atender? ou cada um interpreta a lei á sua maneira? Não deveria de haver algo que suportasse a informação do modo que é transmitida ao pobre do pagador? Ou paga não bufa e ouve um disparate qualquer depende da pessoa que atende o telefone e se está bem está bem, mas se está mal é penhorado mas também não interessa que a informação tenha partido da instituição mal dada...enfim

Desabafo talvez confuso mas sentido!

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

  •  
  • Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2008
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D